17 de jun de 2010

OSGEMEOS NA CAPA DA JUXTAPOZ!

http://2.bp.blogspot.com/_xIvFF8hy1Ks/TBk3uMbqY4I/AAAAAAAAML4/irRwTpSw52k/s1600/OsGemeos.jpg

PLANET HEMP: COMO TUDO COMEÇOU E ACABOU


A banda surgiu num encontro casual entre D2 e Skunk, pelas ruas do Rio de Janeiro, no bairro do Catete. Quando D2 conheceu Skunk, ele tinha uns 21 anos, já era pai de Stephan, e gostava de música, mas trabalhava como camelô vendendo muamba do Paraguai na Praça 13 de Maio, no centro do Rio de Janeiro - ponto de encontro da rapaziada que gostava de música. Skunk era um cara de classe média, envolvido na cena musical e cultural do Rio havia muito tempo.

D2 usava uma camisa da banda Dead Kennedys e Skunk, artesão e vendedor de camisetas de rock, deu início a um diálogo que daí nasceu a amizade e vocação. Skunk falava de música todo o tempo e nesse momento D2 resolveu que queria ser músico. A banda não era para ser de rap e sim de Rock, mas eles não sabiam tocar nada e queriam cantar.

O nome da banda foi tirado da revista americana High Times, especializada em cannabicultura, ou seja sobre o cultivo de maconha, e Hemp que, na língua inglesa, significa cânhamo, e para evitar problemas com a policia, colocaram o nome em inglês, porém a manobra do grupo, não durou muito, pois anos mais tarde do começo da banda, o grupo foi preso por apologia as drogas. Mais tarde, se juntaram à Skunk e D2, Rafael, Formigão e Bacalhau.

No palco os vocais falados do rap foram misturados com as guitarras psicodélicas e com letras engajadas no universo dos jovens brasileiros. Desde o começo, o Planet Hemp se destacou por sua performance ao vivo.

Registraram uma única fita-demo e seguiram o circuito alternativo em apresentações em todo o Brasil e em festivais como o Juntatribo (Campinas) e Superdemo. A morte de Skunk, em decorrência da AIDS em 1994, quase decretou o fim do grupo. Mas B Negão, que era presente em todos os concertos, assumiu o outro vocal. A banda conseguiu um contrato com a Sony Music e gravaram Usuário (1995), Os Cães Ladram mas a Caravana Não Pára (1997) e A Invasão do Sagaz Homem Fumaça (2000). Solto já era ótimo, prensado ficou melhor ainda.

Lançado em março de 1995, o disco contava com hits como Legalize Já que se transformou em hit, apesar do clip ter sofrido sérias censuras. Mas o grupo não chamou atenção somente pelas letras que falam de maconha e legalização. As 17 faixas não se restringem à legalização apenas. O disco aborda temas que giram em torno de violência, dos menores de rua, e das dificuldades financeiras enfrentados pelo cidadão comum brasileiro.

A banda já teve passagem na polícia por apologia às drogas.

Planet Hemp já tocou com Black Alien & Speed, Beastie Boys, Cypress Hill e lotou o Metropolitan em um concerto conjunto com os Raimundos, com público superior a 6 mil pessoas.

A última formação contou com Marcelo D2 (vocal), BNegão (vocal), Formigão (baixo), Rafael (guitarra), Pedrinho (bateria), Zé Gonzales (DJ) e Apolo 9 (teclados). São presença nas rádios de rock, e tiveram duas indicações no VMB em 1996.

Em 1998, Marcelo D2 resolveu realizar um sonho que tinha há muito tempo: lançar um cd solo. "Eu tiro é onda" saiu em 1998, unindo rap, rock e samba.

Muita gente pensou que, com a carreira-solo de D2, o Planet acabaria. Felizmente, isso não rolou. Em 2000 o Planet Hemp conclui seu mais novo trabalho, "A Invasão do Sagaz Homem Fumaça", e "Ex-Quadrilha da Fumaça" começa a ser executada em várias rádios. E em 2002 veio a coletânea ao vivo "Planet Hemp Ao Vivo MTV".

Discografia:

-Usuário, 1996
-Hemp New Year, 1997
-Os Cães Ladram, Mas a Caravana não Pára, 2000
-A Invasão do Sagaz Homem Fumaça, 2001
-MTV ao Vivo: Planet Hemp, 2002

FORMAÇÕES

-1993: D2 e Skunk
-1994: D2, Skunk Rafael, Formigão e Bacalhau
-1995: D2, Bnegão, Rafael, Formigão, Bacalhau e Zé Gonzales
-1996: D2, Bnegão, Rafael, Formigão, Bacalhau, Zé Gonzales, Apollo 9 e Negalê
-1997: D2, Black Alien, Jackson, Formigão, Bacalhau e Zé Gonzales
-1998: D2, Black Alien, Bacalhau, Rafael, Jackson, e Formigão
-1999 até 2000: D2, Black Alien, Bnegão, Pedrinho, Rafael, Seu Jorge, Formigão e Ganjaman
-2001 até 2003: D2, Bnegão, Pedrinho, Formigão e Rafael


Fotos:









Vídeos:







BEASTIE BOYS EM FOTOS!






























NOVO ÁLBUM DO BEASTIE BOYS EM SETEMBRO!

Adam Yauch, do Beastie Boys, disse que "Hot Sauce Committee Part I", o novo álbum do grupo, pode ser lançado em setembro deste ano.

Em entrevista ao site Entertainment Weekly, o MC contou estar melhor do câncer em sua glândula salivar esquerda e um linfonodo adjacente. O problema fez com o que o lançamento do próximo álbum do Beastie Boys, que estava agendado para o ano passado, fosse adiado.

"Estou finalmente recuperando minha energia. Me sinto melhor", disse. "Fiquei desapontado em ter que segurar o lançamento do disco e adiar a turnê, mas foram ordens médicas", emendou Adam, que ainda contou que "Hot Sauce Committee Part I" está pronto há um ano. "Vamos dar uma olhada no álbum pra ter certeza de que ainda estamos felizes com ele. Não acho que vamos alterar muita coisa".

"The Mix-Up", de 2007, é o disco mais recente do grupo.