17 de jun de 2010

PLANET HEMP: COMO TUDO COMEÇOU E ACABOU


A banda surgiu num encontro casual entre D2 e Skunk, pelas ruas do Rio de Janeiro, no bairro do Catete. Quando D2 conheceu Skunk, ele tinha uns 21 anos, já era pai de Stephan, e gostava de música, mas trabalhava como camelô vendendo muamba do Paraguai na Praça 13 de Maio, no centro do Rio de Janeiro - ponto de encontro da rapaziada que gostava de música. Skunk era um cara de classe média, envolvido na cena musical e cultural do Rio havia muito tempo.

D2 usava uma camisa da banda Dead Kennedys e Skunk, artesão e vendedor de camisetas de rock, deu início a um diálogo que daí nasceu a amizade e vocação. Skunk falava de música todo o tempo e nesse momento D2 resolveu que queria ser músico. A banda não era para ser de rap e sim de Rock, mas eles não sabiam tocar nada e queriam cantar.

O nome da banda foi tirado da revista americana High Times, especializada em cannabicultura, ou seja sobre o cultivo de maconha, e Hemp que, na língua inglesa, significa cânhamo, e para evitar problemas com a policia, colocaram o nome em inglês, porém a manobra do grupo, não durou muito, pois anos mais tarde do começo da banda, o grupo foi preso por apologia as drogas. Mais tarde, se juntaram à Skunk e D2, Rafael, Formigão e Bacalhau.

No palco os vocais falados do rap foram misturados com as guitarras psicodélicas e com letras engajadas no universo dos jovens brasileiros. Desde o começo, o Planet Hemp se destacou por sua performance ao vivo.

Registraram uma única fita-demo e seguiram o circuito alternativo em apresentações em todo o Brasil e em festivais como o Juntatribo (Campinas) e Superdemo. A morte de Skunk, em decorrência da AIDS em 1994, quase decretou o fim do grupo. Mas B Negão, que era presente em todos os concertos, assumiu o outro vocal. A banda conseguiu um contrato com a Sony Music e gravaram Usuário (1995), Os Cães Ladram mas a Caravana Não Pára (1997) e A Invasão do Sagaz Homem Fumaça (2000). Solto já era ótimo, prensado ficou melhor ainda.

Lançado em março de 1995, o disco contava com hits como Legalize Já que se transformou em hit, apesar do clip ter sofrido sérias censuras. Mas o grupo não chamou atenção somente pelas letras que falam de maconha e legalização. As 17 faixas não se restringem à legalização apenas. O disco aborda temas que giram em torno de violência, dos menores de rua, e das dificuldades financeiras enfrentados pelo cidadão comum brasileiro.

A banda já teve passagem na polícia por apologia às drogas.

Planet Hemp já tocou com Black Alien & Speed, Beastie Boys, Cypress Hill e lotou o Metropolitan em um concerto conjunto com os Raimundos, com público superior a 6 mil pessoas.

A última formação contou com Marcelo D2 (vocal), BNegão (vocal), Formigão (baixo), Rafael (guitarra), Pedrinho (bateria), Zé Gonzales (DJ) e Apolo 9 (teclados). São presença nas rádios de rock, e tiveram duas indicações no VMB em 1996.

Em 1998, Marcelo D2 resolveu realizar um sonho que tinha há muito tempo: lançar um cd solo. "Eu tiro é onda" saiu em 1998, unindo rap, rock e samba.

Muita gente pensou que, com a carreira-solo de D2, o Planet acabaria. Felizmente, isso não rolou. Em 2000 o Planet Hemp conclui seu mais novo trabalho, "A Invasão do Sagaz Homem Fumaça", e "Ex-Quadrilha da Fumaça" começa a ser executada em várias rádios. E em 2002 veio a coletânea ao vivo "Planet Hemp Ao Vivo MTV".

Discografia:

-Usuário, 1996
-Hemp New Year, 1997
-Os Cães Ladram, Mas a Caravana não Pára, 2000
-A Invasão do Sagaz Homem Fumaça, 2001
-MTV ao Vivo: Planet Hemp, 2002

FORMAÇÕES

-1993: D2 e Skunk
-1994: D2, Skunk Rafael, Formigão e Bacalhau
-1995: D2, Bnegão, Rafael, Formigão, Bacalhau e Zé Gonzales
-1996: D2, Bnegão, Rafael, Formigão, Bacalhau, Zé Gonzales, Apollo 9 e Negalê
-1997: D2, Black Alien, Jackson, Formigão, Bacalhau e Zé Gonzales
-1998: D2, Black Alien, Bacalhau, Rafael, Jackson, e Formigão
-1999 até 2000: D2, Black Alien, Bnegão, Pedrinho, Rafael, Seu Jorge, Formigão e Ganjaman
-2001 até 2003: D2, Bnegão, Pedrinho, Formigão e Rafael


Fotos:









Vídeos:







3 comentários:

  1. SAÊÊÊÊÊ

    MACONHAAAAAAA

    EEEEEEEEEEEEÉ

    ResponderExcluir
  2. É UMA DAS MELHORES BANDAS Q/ JÁ EXISTIL !!!!!!!!!!!!!!!!!! INFESLISMENTE ACABOU MAS DEIXOU SEU LEGADO DE FÃS Q/ JAMAIS ESQUECERÁ E Q/ JÁ FOI P/ UM SHOW DO PLANET SABE Q/ O BICHO PEGA !!!! SALVE SALVE AO PLANET HEMP, RAPPA E CSNZ FORTE ABRAÇO A TODOS !
    Adonis ( Banda Geração Mangue ) Recife - Pe.

    ResponderExcluir