30 de jul de 2010

BOB BURNQUIST É PRATA NO BIG AIR


Campeão mundial de skate vertical em 2000, Bob Burnquist ficou com a medalha de prata no Big Air dos X-Games de Los Angeles, na Califórnia. O brasileiro somou 93,00 em sua melhor tentativa e foi superado apenas pelo americano Jake Brown, com 93,66. O também americano Rob Lorifice completou o pódio, com 87,66 pontos.

No Big Air, os skatistas descem em uma megarrampa e têm que executar aéreos. O inventor da modalidade é o americano Danny Way, criador da megarrampa.

PIXEL SHOW 2010

Chega à São Paulo nos dias 16 e 17/10 de 2010 o evento Pixel Show. Uma das melhores fontes de inspiração para o design brasileiro. No evento é possível conhecer novos métodos, experiências, histórias de incríveis artistas, bem como compartilhar idéias com os ícones das artes e outros participantes que chegam de todos os lados do Brasil.

Em um circuito de palestras apresentando cases e portfolios de renomados artistas brasileiros, o Pixel Show visa discutir temas atuais sobre a arte moderna e o mercado de trabalho, inspirando e motivando jovens (e experientes) profissionais.
A Conferência de design Pixel Show é o primeiro evento brasileiro do gênero focado em criatividade, além da tecnologia. O evento é organizado anualmente pela editora Zupi e marca uma trajetória de sucesso no Brasil, crescendo desde outubro de 2005. Em abril de 2010, além do Pixel Show São Paulo, foi realizado a primeira edição em Porto Alegre que foi um sucesso com mais de 6000 pessoas! E em 2009 aconteceu a primeira edição em Salvador com mais de 1300 pessoas.


Alguns Palestrantes:
Bobby Chiu e Kei Acadera(Canadá)






Jason Manley(EUA)






Indio San(Brasil)




.
Dan Goldman (EUA)





Felipe Bedoya (Colômbia)




+ Informações:

Local: FERCOMERCIO
Dias: 16 e 17 de outubro de 2010
Endereço: R. Doutor Plínio Barreto, 285
Bairro: Bela Vista - São Paulo/SP
Telefones: 11 3926-0174 / 5084-9040 (das 9h - 17:30h)
Fazer inscrição: www.zupishop.com/eventos/
Site Oficial do evento: www.pixelshow.com.br


29 de jul de 2010

SCOTT WADE





No Brasil, se você anda por aí com o carro sujo demais, cedo ou tarde vai encontrar mensagens engraçadinhas e pouco criativas, como “lave-me por favor”, entre outras frases e desenhos batidos. Mas o norte-americano Scott Wade faz melhor uso dos vidros e pára-brisas imundos, realizando desenhos super detalhados nessas superfícies, usando apenas seus próprios dedos e alguns pincéis. O curioso projeto leva o nome de Dirty Car Art.












FABIO VALE : SUAVES ESCULTURAS EM MÁRMORE

O desafio do escultor que trabalha com mármore muitas vezes é dar fluidez a tão sólido material. Talvez por isso os mantos das esculturas em mármore da antiguidade sejam, até hoje, tão fascinantes.

Hoje em dia ainda há quem se aventure a criar essas ilusões de consistência, como é o caso do italiano Fabio Vale, que esculpe em mármore branco e preto. O artista modela grandes blocos do material até formar balões, aviões de papel, rolos de papel higiênico, pipoca e até mesmo um busto da Mona Lisa que parece ser feito de isopor.

Confira abaixo algumas dessas escultura






FINOK E O PROJETO ENCANTA VALE NO MONTANA CANS







MARIO BROS - PAPER STOP MOTION

ARROZ & CRIATIVIDADE

orientais plantando arroz

orientais plantando arroz

orientais plantando arroz

orientais plantando arroz

orientais plantando arroz

orientais plantando arroz

orientais plantando arroz

É impressionante a arte do cultivos que surgiu através dos campos de arroz no Japão, mas esta não é uma criação extraterrestre. Os desenhos foram habilmente semeados por agricultores.

Para a criação dos desenhos, os agricultores não usam tinta. Em vez disso, utilizam o cultivo de arroz de cores diferentes, que foram estratégicamente dispostos e semeados no campo de arroz irrigado.

Quando chega o verão e as plantas crescem, as ilustrações detalhadas começam a emergir.

orientais plantando arroz

orientais plantando arroz

Um guerreiro Sengoku em seu cavalo foi criado a partir de centenas de milhares de plantas de arroz. As cores são criadas pelo uso de variedades diferentes. Esta foto foi tirada em Inakadate-Japão.

orientais plantando arroz

O Napoleão em seu cavalo podem ser vistos de aviões. Foi plantado com precisão e planejado durante meses pelos agricultores locais.

Japoneses plantando arroz

Este ano, várias obras de arte apareceram em arrozais de outras zonas agrícolas neste país, como a imagem de Doraemon e Cervos Dançantes.

Os agricultores delineiam os contornos utilizando o arrozeiro roxo e amarelo Kodaimai junto com suas folhas verdes de Tsugaru, uma variedade romana, para criar estes padrões de cor a tempo entre o plantio e a colheita em setembro.

Japoneses plantando arroz

Deste nível do solo, não é possível visualizar os desenhos. Os espectadores têm de subir a torre de castelo do município para obter uma visão ampla da obra.

Japoneses plantando arroz

Aproximando a imagem, pode-se ver o cuidado que tiveram ao plantar milhares de pés de arroz.

Esta arte se iniciou em 1993 como um projeto de revitalização local, uma idéia que surgiu em reuniões dos comitês de associações locais.

As diferentes variedades de arroz crescem juntas das outras para criarem obras magistrais.

Nos primeiros nove anos, os trabalhadores destes municípios juntamente com os agricultores locais ampliaram um desenho simples do Monte Iwaki a cada ano. Mas suas idéias foram ficando mais complexas e atraíam mais e mais atenção.

Em 2005, os acordos entre proprietários de terras permitiram a criação de enormes espaços de arte com o seu cultivo de arroz. Um ano depois, os organizadores começaram a utilizar computadores para desenhar com precisão cada parcela na plantação das quatro variedades de arroz de diferentes cores que dão vida às imagens.

Japoneses plantando arroz