11 de out de 2010

NOTEBOOKS POSITIVOS

Para quem queria um notebook mais personalizado, acaba de encontrar. Estão chegando no mercado os primeiros notebooks da Positivo com face extra. Resultado do trabalho feito pela Maria Cultura para a linha Positivo Premium Select de notebooks com face removível, para que o usuário possa trocar de capa, optando pelas cores preto e prata. Os modelos vêm com a nova família de processadores Intel Core - Core i3, i5 e i7 -, com características voltadas ao aumento do desempenho de aplicações multimídia, ideais para programas que exigem alto poder de processamento, além de contarem com conexão HDMI e autonomia de bateria de até cinco horas.

Comprando um dos notebooks na cor preta, em acabamento Black Piano (preto brilhante), o consumidor recebe uma face extra na cor prata, para quando desejar trocar, tudo com o auxílio de um kit que vem com o produto. Mas esses notebooks têm um diferencial, pois além das duas opções de capa, o usuário pode comprar uma das outras 30 novas faces disponíveis em diversas cores e estampas, algumas delas criadas por artistas brasileiros exclusivamente para a linha.

Entre os artistas que deram um toque mais descolado nas capas estão o paulista Flip, os gaúchos Nina Moraes e Jotapê e Armando Merege.

O trabalho da artista gaúcha Nina Moraes, habita diferentes suportes, entre eles os contornos das cidades ao redor do mundo. Uma arte com doses de encanto e sensibilidade feminina, que prioriza como tema o lado assustadoramente verdadeiro da realidade, observando a essência mágica de cada um de nós. Contando histórias dos personagens da vida.

Jonathan de Leon Perez, o Jotapê, é um artista multidisciplinar que tem como base o graffiti. Já participou de diversas exposições coletivas, mostras e projetos culturais em prol da arte de rua. Tem seus trabalhos publicados em sites e revistas nacionais e internacionais. Hoje trabalha no Núcleo Urbanóide, coletivo artístico que produz e executa projetos com linguagem urbana.

O artista paranaense Armando Merege tem sua obra marcada por uma absoluta liberdade criativa aliada a intenção construtiva. Essa sábia combinação de valoração da matéria e de uma rígida disciplina na composição, se tornar a marca característica de todo seu trabalho artístico.

Flip é conhecido entre os pincéis largos e as tintas. Felipe Yung cultiva raízes, pensa em texturas orgânicas de um jeito singular e traz para o papel imagens com formas únicas com influência de incansáveis pesquisas da cultura asiática. Sua história começa no bairro da Vila Mariana, em São Paulo e vai até Moscou. Pinturas e sprays que transcendem os modismos, se influenciam e contam a história do graffiti brasileiro.


Nome da face: Reverência

Descrição: Face da edição Arte Contemporânea criada pelo artista grafiteiro Jotapê. Segundo o autor, esta obra retrata a ideia de que existem forças que não conseguimos ver. Acreditar em algo que não conhecemos é aprender a lidar com o próprio corpo e mente. Não é possível tocar ou sentir a presença, mas com certeza, ela está lá.




Nome da face: A Rainha

Descrição: Face da edição Arte Contemporânea criada pela artista grafiteira Nina Moraes. Segundo a autora o mundo é o seu reino. Um reino suspenso, perene, feito de sonho e fantasia.




Nome da face: Flipopismo

Descrição: Face da edição Arte Contemporânea criada pelo artista grafiteiro Flip. A cultura pop japonesa aliada a estética é a inspiração pop do graffiti é a inspiração para a imagem, onde o personagem em destaque, flipito, pipocou pelas ruas de cidades brasileiras e européias desde 95.




Nome da face: Lilás e a flor

Descrição: Face da edição Arte Contemporânea criada pela grafiteira Nina Moraes. Segundo ela, “Era uma vez uma menina…” Uma face para mulheres sensíveis e delicadas.



Nome da face: Instinto

Descrição: Face da edição Arte Contemporânea criada pelo artista grafiteiro Jotapê. Segundo o autor, o instinto humano obriga o homem a desbravar caminhos inusitados, manter-se atento e pronto para o ataque é questão de sobrevivência. É necessário somente seguir um trajeto e nunca esquecer as suas raízes. É uma arte jovem, para pessoas com atitude.




Nome da face: O passeio de Sofia

Descrição: Face da edição Arte Contemporânea criada pela grafiteira Nina Moraes. Segundo a artista , “Sofia saiu para passear e no meio do caminho aprendeu a voar…”




Nome da face: Quarteto camo

Descrição: Face da edição Arte Contemporânea criada pelo artista grafiteiro Flip. O quarteto de personagens é o estudo das padronagens orgânicas da fauna e flora nacional, trabalhadas de forma descontraída com influências da estética oriental.



Nome da face: Vínculos

Descrição: Face da edição Arte Contemporânea criada pelo grafiteiro Jotapê. Conforme o autor, visão e tato são os sentidos mais fortes no relacionamento a dois. Sentir o cheiro da liberdade e provocar o que a língua tem medo de falar é gritar bem alto e bom som para o coração: VÔA!



Nome da face: Raiz de Terra Branca

Descrição: Face da edição Arte Contemporânea criada pelo artista grafiteiro Flip. O quarteto de personagens é o estudo das padronagens orgânicas da fauna e flora nacional, trabalhadas de forma descontraída com influências da estética oriental.


BANKSY x SIMPSONS

O artista inglês assina a abertura do desenho animado e bem no seu estilo, critica o processo de criação, divulgação e vendas de um seriado/desenho animado.