23 de set de 2010

COMEÇOU: FESTIVAL DO RIO 2010!


De 23 de setembro a 7 de outubro, a capital carioca recebe mais uma edição do Festival do Rio, um dos mais importantes do Brasil, com títulos de vários gêneros e nacionalidades.

Como já é tradição, a noite de abertura acontece no belo Cine Odeon Petrobrás. A Suprema Felicidade, retorno de Arnaldo Jabor à direção, foi filme o escolhido para a noite.

Cerca de 300 títulos estão divididos em mais de 15 mostras. Sessões especias e debates também fazem parte da programação. As atrizes Charlotte Rampling e Irene Jacob, o ator Michael Madsen, os diretores Bruno Dumont e Amos Gitai já confirmaram presença.

Entre os selecionados estão títulos aguardados como Você Vai Conhecer o Homem dos Seus Sonhos, de Woody Allen; Copie Conforme, de Abbas Kiarostami; A Woman, a Gun and a Noodle Shop, de Zhang Yimou; Route Irish, de Ken Loach; a versão integral de Carlos, de Olivier Assays – exibido somente em Cannes; Minhas Mães e Meu Pai, de Lisa Cholodenko; Tournée, de Mathieu Amalric, e Lope, de Andrucha Waddington, escolhido para encerrar o festival.

Este ano, a Argentina será o país homenageado, com mais de 10 produções. Entre elas estão Las Vidas de los Jueves, de Marcelo Pineyro; Carancho, de Pablo Trapero, e Dos Hermanos, de Daniel Burman. Os diretores Bruno Dumont e Amos Gitai ganham restrospectivas.

Além das tradicionais mostras Panorama, Expectativa, Première Brasil, Première Latina, Midnight, Gay, Fronteiras, Dox e Geração, o FestRio traz, pela segunda vez, a mostra Meio Ambiente, com filmes de tema ecológico e social, e lança O Brasil do Outro, que propões um olhar diferente do nosso país, visto pela ótica estrangeira – nela serão exibidos Rio Sonata, de Georges Gachot; Complexo, do português Mário Patrocínio, e outros.

Confira abaixo alguns dos títulos selecionados:

MOSTRA PANORAMA

- Je suis heureux que ma mère soit vivante, de Claude Miller, Nathan Miller
- À l’origine, de Xavier Giannoli
- A Esperança Está Onde Menos se Espera, de Joaquim Leitão
- O Sequestro de um Herói, de Lucas Belvaux
- A Somewhat Gentle Man, de Hans Petter Moland
- Lebanon, de Samuel Maoz
- Minhas Mães, Meu Pai, de Lisa Cholodenko
- A Woman, a Gun and a Noodle Shop, de Zhang Yimou
- Loose Cannons, de Ferzan Ozpetek
- The Housemaid, de Im Sang-Soo
- Você Vai Conhecer o Homem dos Seus Sonhos, de Woody Allen
- Tournée, de Mathieu Amalric
- I Wish I knew, de Jia Zhang Ke
- Room in Rome, de Julio Medem
- Nostalgie de la Lumière, de Patricio Guzman
- Copie Conforme, de Abbas Kiarostami
- Les amours imaginaires, de Xavier Dolan
- Route Irish, de Ken Loach
- Carlos, de Olivier Assayas
- Atração Perigosa, de Ben Affleck
- The House of Branching Love, de Mika Kaurismäki
- Rio Sex Comedy, de Jonathan Nossiter
- The Solitude of Prime Numbers, de Saverio Constanzo
- Nowhere Boy, de Sam Taylor Wood
- Refúgio, de François Ozon
- Cyrus, de Mark e Jay Duplass

MOSTRA BRASIL DO OUTRO

- Rio Sonata, de Georges Gachot
- Complexo : Universo Paralelo, de Mário Patrocinio
- Estrada, de Aude Chevalier-Beaumel
- Slaves of the Saints, de Kelly E. Hayes
- Tom Zé – Astronauta Libertado, de Ígor Iglesias González

MOSTRA FOCO ARGENTINA

- Rompecabezas, de Natalia Smirnoff
- Andrés No Quiere Dormir la Siesta, de Daniel Bustamante
- Te Extraño, de Fabián Hofman
- Por Tu Culpa, de Anahí Berneri
- La Invéncion de la Carne, de Santiago Loza
- Carancho, de Pablo Trapero
- La Mirada Invisible, de Diego Lerman
- Los Labios, de Santiago Loza e Ivan Fund
- Francia, de Adrian Caetano
- Las Viudas de los Jueves, de Marcelo Piñeyro
- Lo Que Mas Quiero, de Delfina Castagnino
- Cerro Bayo, de Victoria Galardi

MOSTRA MIDNIGHT

- We Live in Public, de Ondi Timoner
- In the Woods, de Angelos Frantzis
- Bibliotheque Pascal, de Szabolcs Hajdu
- Keep Surfing, de Bjorn Richie Lob
- The Silent House, de Gustavo Hernández
- Rubber, de Quentin Dupieux
- Machete, de Robert Rodriguez e Ethan Maniquis
- Cortina de Fumaça, de Rodrigo Mac Niven

MOSTRA DOX

- William Kunstler: Disturbing the Universe, de Sarah Kunstler, Emily Kunstler
- We’ll Get Used to It, de Mohsen Ostad Ali Makhmalbaf
- Budrus, de Julia Bacha
- L’autobiographie de Nicolae Ceausescu, de Andrei Ujica
- Freedom Riders, de Stanley Nelson
- Cultures of Resistance, de Iara Lee

MOSTRA EXPECTATIVA

- Embargo, de Antonio Ferreira
- The Robber, de Benjamin Hei senberg
- Last Train Home, de Lixin Fan
- R U There, de David Verbeek
- Adrienn Pál, de Ágnes Kocsis
- Between Two Worlds, de Vimukthi Jayasundara
- Letters from the Desert, de Michela Occhipinti
- The Crossing, de Selim Demirdelen
- Operation Casablanca, de Laurent NÈGRE
- José & Pilar, de Miguel Gonçalves Mendes
- América, de João Nuno Pinto
- The Good Heart, de Dagur Kári
- Copacabana, de Marc Fitoussi
- A Oeste de Plutão, de Henry Bernadet e Myriam Verreault
- Mama África, de Alê Braga

MOSTRA GAY

- Le Fil, de Mehdi Ben Attia
- BearCity, de Doug Langway
- Amphetamine, de Scud
- Plan B, de Marco Berger

MOSTRA GERAÇÃO

- Era uma vez …. O Reino da Confusão, de Miloslav Smidmajer
- Crocodilos, de Christian Ditter
- Harun Arun, de Vinod Ganatra
- Contos da Selva, de Liliana Romero e Norman Ruiz
- A Substituta, de Ole Bornedal
- Beijos, de Lance Daly
- Pimenta, de Eduardo Mattos
- Retrovisor, de Eliane Coster
- Na Casa ao Lado, de Naiara Rímoli
- Memória de Elefante, de Denise Moraes
- Infância, de Andre Emidio, Diego da Silva Esteves, Ingrid Rocha Paiva; Pamella Magno Braga da Conceição e Samuel de Souza Ridan
- A Garrafa do Diabo, de Fernando Coimbra
- A Língua das Coisas, de Alan Minas

Nenhum comentário:

Postar um comentário