6 de ago de 2010

TRANSFER!


Billy Argel, Fabio Zimbres, Speto, Adriano Cinelli “Onio”, OSGÊMEOS, Alex Hornest, Bruno 9li, Nina Pandolfo, Nunca, Stephan Doistchinoff, Titi Freak, Felipe Yung “Flip”, Luis Flavio “Trampo”, Barry McGee, Thomas Campbell, Steve Powers, Andy Jenkins.

Reconhece algum dos nomes?

Todos fazem parte de um novo processo cultural ainda pouco estudado e documentado, mas que vem ganhando reconhecimento no mundo todo. A proposta de TRANSFER é ser o ponto de partida para explorar e discutir essas obras ligadas a movimentos de contracultura como o punk, hip hop, fanzine e graffiti.

Tudo acontece de forma multidisciplinar apresentando a arte urbana além dos muros, através de mais de 300 obras. Pintura, desenho, arquitetura, fotografia, música, vídeo e registros de intervenções urbanas e skates distribuídos sob 4 pilares: Intervencionistas, Beatiful Losers, Mauditos e Autoindicados.

Um dos destaques será uma escultura “skatavel” enorme, logo na entrada de TRANSFER. Nela acontecerão performances de skatistas profissionais durante alguns dias no período em que a mostra estiver por lá. Além disso workshops e exibições de documentários relacionados à cultura urbana movimentam o local durante esses quase 3 meses.

A mostra vai até 12/09 no Ibirapuera – Pavilhão das Culturas Brasileiras (ex-Prodam) em São Paulo.




Nenhum comentário:

Postar um comentário